São João e São Pedro do Nada – Por José Ivan de Lima

access_time 12 de setembro de 2015 chat_bubble_outline 0 comments Este post foi lido 394 vezes

praca de eventos no são joão

Existe o São João do Tigre, do Carirí, de Meriti , São João Batista e em Sertânia , São João e São Pedro do nada. Assim foi a noite do São João em Sertânia, inclusive na véspera, coisa que também se repetiu no São Pedro. As pessoas que saíram de casa à noite para ver algo festivo voltaram decepcionadas. Carros e pessoas vagando ao léo, sem ter o que ver. Minha filha Júlia me perguntou onde estavam as bandeirinhas de São João. Realmente, nem uma mísera bandeirola de tnt a prefeitura colocou como ornamentação nas ruas ou locais festivos. Nem um simples palhoção de palhas de coco cercado de cordas foi feito. A praça de eventos nas noites de São João e São Pedro não tinha evento nenhum. A Praça Pai Tão também. Noites de São João e São Pedro em Sertânia foram noites de nada, nada e nada, graças ao desprezo e insensibilidade da prefeitura.

Quando se elege um prefeito ou se nomeia um secretário, não de dá a eles o direito de ser dono das coisas do povo. As coisas advindas da cultura popular devem ser preservadas e estimuladas, principalmente nas datas específicas delas. Por isso, sempre defendi uma opção festiva nessas datas, independentemente de Arcoverde e Monteiro. O São João e São Pedro dessas cidades, como grande festas, não devem servir de motivo para nada se fazer em Sertânia. O aspecto de competição é o que menos deve interessar.

Festa com artistas locais, criatividade, participação do povo através de quadrilhas de bairros e outras atividades, pode-se e deve-se fazer. Se o povo gosta, por que ignorá-lo? Por isso devemos parabenizar as escolas da cidade e zona rural por realizarem atividades folclóricas com seus alunos, valorizando nossas festas juninas.. Também parabenizamos os que fizeram festas em bairros e distritos por conta própria ou com patrocínios diversos. Ruim é a prefeitura não fazer nada, desprezando o espírito tradicional que essas festas causam na população, e ainda assim achar que fez a coisa certa.

José Ivan de Lima.

content_copyCategorized under

No Comments

comment No comments yet

You can be first to leave a comment

Submit an answer

Only registered users can comment.