Mãe ‘fantasia’ filho de escravo para festa da escola e gera polêmica

Mãe ‘fantasia’ filho de escravo para festa da escola e gera polêmica

access_time 30 de outubro de 2018 Este post foi lido 80 vezes

Fotos de uma criança vestida como um escravo para uma festa de Halloween repercutiram nas redes sociais na noite deste segunda-feira (29). As imagens foram publicadas pela mãe do menino, Sabrina Flor, que exaltou a ‘fantasia’ do filho, feita para a festa de uma escola particular em Natal, Rio Grande do Norte. “Quando seu filho absorve o personagem! Vamos abrasileirar esse negócio”, escreveu no Instagram.

A caracterização feita com maquiagem para simular cicatrizes de ferimentos no corpo e uma túnica branca. Além disso, o menino carregava imitações de correntes e grilhões, utilizados na tortura e aprisionamento de escravos na época.

Nos comentários das postagens originais, alguns usuários parabenizaram a Sabrina pela criatividade e realismo da fantasia do seu filho. Após a foto viralizar, no entanto, surgiram muitas críticas a ideia da caracterização, tida como racista. As fotos chegaram também até Marcelo D2, que republicou as imagens. “Quando você pensa que já viu de tudo na vida”, escreveu o cantor.

Através do Twitter, a mãe se manifestou sobre a repercussão da imagem dizendo que não existiu escravidão de negros no Brasil. ““Não leiam livros de história do Brasil. Eles dizem que existiu escravidão de negros no País, mas isso é mentira. Não discuta com essa afirmação, pois você estará sendo racista, A PIOR PESSOA, um lixo. Só não entendi ainda se o problema foi o a fantasia ou o ’17’ na foto”, escreveu Sabrina.

Do JC Online.

content_copyCategorized under